Casei Vida de casado

Como resolver os conflitos do seu relacionamento

17 de dezembro de 2016
Como resolver Conflitos no Relacionamento

Todo mundo sabe que na vida e, principalmente, no relacionamento entre duas pessoas, os conflitos estão sempre presentes. Às vezes são mais simples e só exigem um pouco de paciência. Porém, podemos vivenciar momentos de grande tensão e o alicerce do relacionamento pode ser abalado, caso o casal não esteja bem preparado. Siga as dicas abaixo e esteja bem equipado.

Aceite a divergência

É importante aceitar que o outro pode e tem o direito de pensar de maneira diferente da sua. Quando partimos desse princípio, o horizonte se amplia e a possibilidade do diálogo fica mais fácil, pois um considera o espaço de pensamento do outro e tenta buscar a união, o ponto comum. Esse princípio evita, inclusive, que a raiva, a maneira inadequada de falar e o rancor ganhem espaço.

Não julgue

A ideia de não julgar não significa que você não possa discordar. Julgar, nesse caso, é se colocar em posição de juiz, de superior, como quem detém o veredito pra dizer o que é certo ou errado. Nenhum de nós tem esse poder, muito menos em um relacionamento em que tudo deve ser compartilhado. Busquem juntos o melhor caminho.

Veja aqui 8 Atitudes para deixar sua mulher mais Feliz!

Cuidado! Não idealize relacionamento. 

Não se exalte

O antigo Provérbio de Salomão já dizia que “a palavra branda desvia o furor”. Gritarias, ofensas e xingamentos extrapolam todos os níveis de respeito entre duas pessoas. Além de deixar marcas negativas profundas, não resolvem nenhum problema. Antes de se exaltar, olhe para a outra pessoa como alguém que ama você e que escolheu estar a seu lado pra sempre.

Não queira ser o vencedor

Quando pensamos que precisamos ganhar uma discussão, automaticamente já estamos ferindo os outros pontos. Acabamos por julgar nosso companheiro e não considerar seus pensamentos ou sentimentos. Ao tentar vencer, nos utilizamos de ferramentas muitas vezes cruéis para que nosso cônjuge faça o que desejamos e não tenha espaço. Isso é altamente prejudicial e, em longo prazo, não traz bons frutos para o casal.

Sempre gosto de lembrar a máxima de Cristo: “Ame ao próximo como a ti mesmo.” Todos nós queremos o nosso bem próprio e, se seguirmos essa máxima, vamos querer o bem da pessoa mais próxima, o nosso cônjuge. Pensemos, então, duas vezes antes de falarmos ou fazermos algo que o ferirá. Resolver conflitos de maneira equilibrada é um sinal de maturidade e torna a vida a dois mais saudável e leve.

 

Você também pode gostar

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com